Núcleo de Winnipeg da Liga dos Combatentes Participaram na Novena em Louvor da Imaculada Conceição.

Texto: Maria José Correia - Fotografias: Fátima Sousa
No passado dia 6 de Dezembro, quarta-feira, a Novena da Imaculada Conceição, teve a colaboração Núcleo dos Combatentes de Winnipeg e dos Cavaleiros de Colombo.

No início da missa, entraram quatro Cavaleiros com a sua Farda de Gala, seguidos dos Combatentes, também fardados, que se dirigiram aos respetivos lugares, reservados.

Sr. Padre Tiago celebrou a missa, com uma comovente homilia dedicada a Imaculada Conceição e enaltecendo o trabalho que os Cavaleiros de Colombo tem efetuado ao longo dos 25 anos de existência ao serviço da Nossa Comunidade, especialmente aos mais necessitados.

Também agradeceu a presença dos Combatentes Portugueses, que merecem toda a consideração, pois sempre tem contribuído para a Paz entre as Nações. Quando foram chamados para defender o Pais, estiveram presentes.
Agradeceu a ambos os Grupos por terem acedido a colaborar na Novena a Imaculada Conceição. As leituras foram feitas por Pedro Correia, por parte dos Combatentes e Armindo Sousa, por parte dos Cavaleiros de Colombo.

Durante o ofertório, dois Membros dos Cavaleiros, depositaram junto à imagem da Imaculada duas fotografias, uma do Papa Francisco e outra do Padre McGavien.

Seguiram três Combatentes, com as bandeiras de Portugal, Liga dos Combatentes e Bandeira do Núcleo de Winnipeg devidamente dobradas, cada uma levando uma boina.

A boina Azul, da Força Aérea, pertencendo ao Combatente Custodio Reis, já falecido, ia sobre a Bandeira da Liga e era conduzida por António Neves. A boina verde, ia sobre a Bandeira Portuguesa, representando o Paraquedista falecido, Manuel Guerra e foi conduzida pelo Paraquedista Luís Vicente. A boina castanha, do Exercito, pertencente ao Combatente falecido Tomaz Oliveira, ia sobre a Bandeira dos Combatentes, conduzida por Carlos Oliveira.

Todos os Combatentes desfilaram nesta cerimónia da oferenda, prestando homenagem à Imaculada Conceição.
O Sr. Padre Tiago a todos abençoou com uma cruz na testa, gesto muito apreciado.

Estiveram presentes doze Combatentes, a quem se agradece e também a Dona Fátima Sousa, pelas fotografias tiradas.
O Site da Comunidade Portuguesa de Manitoba