Double click the picture to view photo gallery by
Clique na fotografias para ver reportagem fotográfica de
Núcleo de Winnipeg da Liga dos Combatentes por Portugal Participa nas Cerimónias Comemorativas da Batalha da Grã Bretanha.

Texto por: Maria José Correia - Fotografias por: Fátima Sousa - 17SET2017

A Força Aérea Canadiana em Winnipeg e o Comandante da Base 17, Coronel  Andy Cook, convidaram o Núcleo de Winnipeg da Liga dos Combatentes por Portugal a participar, no passado dia 17 de Setembro, na Cerimonia a comemorar a Batalha da Grã Bretanha (Battle of Britain), que teve lugar perto da referida Base Aérea.

Esta Base tem um recinto com um Monumento dedicado aos pilotos que morreram defendendo o ataque da aviação alemã que, atravessando o Canal da Mancha, invadiram a Inglaterra. Com menos aviões do que os alemães, os pilotos Ingleses, Australianos e Canadianos, derrotaram o inimigo nos céus sobre Londres.

Este Monumento é cercado por aviões de vários tipos, que se encontram em exposição, incluindo um tipo utilizado na segunda guerra mundial.

Os Veteranos Portugueses, chefiados por Pedro Correia, seu presidente, Antonio Neves, Carlos Oliveira, Francisco Coelho, Carlos Sousa e Amadeu Teixeira, acompanharam a restante comitiva e foram recebidos  a Messe dos Oficiais na Base 17 Wing, onde foram cumprimentados pelo referido Comandante da Base Coronel Andy Cook e outros oficiais.

Às 9H30, o autocarro transportou a comitiva ao recinto "Gardem of Memories" onde a cerimónia teve lugar, com lugares reservados para os combatentes Portugueses.

Segundo o Protocolo, a Banda da Força Aérea ia tocando, conforme os diversos Generais iam entrando, respetivamente Brigadeiro General C.J. Ireland, 2.º Comandante da  NORAD, General Americano, Comandante  Andy Cook, Comandante do 17 Wing, Brigadeiro General D. B. Cochrane , Comandante  da segunda Canadian Air Division, Major General J.H.C.  Drowning, Comandante da Primeira Divisão Aérea, seguindo-se  o Hino Nacional Canadiano, tacado pela referida banda.

Houve discursos sobre o Evento e foram lidos os nomes dos falecidos, seguindo-se o “ Last Post”, as bandeiras hasteadas a meia haste, dois minutos de silêncio, depois o “Reivelle” e hasteamento de bandeiras.

Acabada a cerimonia, de muito significado para os aliados, houve o regresso à Base, seguindo-se uma recepção, onde os generais confraternizaram com todos, incluindo os Veteranos Portugueses, cuja presença foi bem notada e mencionada...

O Presidente do Núcleo agradece a todos os camaradas que participaram no mencionado evento.