Double click in the pictures to view photo gallery

Clique na fotografias para ver reportagem fotográfica completa
CASA DOS AÇORES

JANTAR DO BACALHAU


Reportagem: Paulo Jorge Cabral - 2015.04.25  Carlos Sousa (Fotografias)

O “Cabeça de Cartaz” da ementa servida no jantar do servido pela Casa dos Açores no passado dia 25 de Abril foi nosso fiel amigo o bacalhau, convívio em que aderiram mais de duas centenas de sócios e amigos desta organização.

A par deste convívio anual houve pretexto também para celebrar as comemorações do 41º aniversário da “revolução dos cravos” que teve lugar em Portugal a 25 de abril de1974.
Entre os convivas salienta-se a presença de Paulo Jorge Cabral, Cônsul de Portugal em Manitoba e esposa Maria do Carmo Cabral, Presidente da Liga Solidária da Mulher Portuguesa de Manitoba, Mike Pagtakhan, Vice-presidente da Câmara Municipal de Winnipeg e esposa Padre André Lico, Padre José Eduardo Medeiros, Padre Tiago Coloni, Irmã Carina e Irmã Deigeivan, Luís Dias, Presidente da Banda Lira de Fátima e esposa, Roger Ribeiro, Presidente da Casa do Minho e esposa.

O jantar foi confecionado e servido pelos voluntários da Casa dos Açores, que consistiu de uma sopa de feijão caseira, o referido bacalhau grelhado, com grão e batatas, sobremesa, chá e café.
Após as boas-vindas por João Cardoso Mestre-de-cerimónias, coube aos sacerdotes presentes as honras de primeira intervenção, pois além de sua presença sempre assídua em convívios da comunidade portuguesa, este por sublimidade foi dedicado à congregação Missionária da Providência Santíssima, aonde pertencem, e os fundos lucrados neste evento foram revertidos as esta organização.

Padre André começou por apresentar cumprimentos e agradeceu a generosidades dos presentes e informou que os fundos angariados serão revertidos à reformação da Casa Mãe da instituição no Estado de São Paulo no Brasil. Padre Tiago esteve a cargo da oração de Ação de Graças, cabendo ao Padre José Eduardo, que recentemente ingressou esta comunidade a comunicação em língua inglesa.

Durante o jantar no palco foi recreada uma cena da pesca ao bacalhau, da autoria de Nélia e Silvino Soares, tendo como intervenientes dos jovens Martim Costa e Ariana Calisto. Logo após atuaram os grupos folclóricos da Casa dos Açores “Ondas Azuis”, “Ilhas de Bruma” e “Memórias da Nossa Terra”.

João Paulo Melo na sua alocução deu as boas vindas aos convidados e participantes e anunciou os eventos que a organização a que preside está a organizar nos próximos meses.
De seguida convidou Paulo Jorge Cabral, Cônsul de Portugal em Manitoba a dirigir algumas palavras tendo na sua alocução focado a revolução de abril, terminando falando da história da pesca do bacalhau pelos portugueses nos bancos da Terra Nova.

O entretenimento na sua primeira parte esteve a cargo da jovem cançonetista Kayla Leonardo e terminou com o conceituado artista comunitário Hermano Silva, que a solo e em dueto com Kayla abrilhantaram o baile que como sempre atrai muitos convivas à pista de dança.