No passado fim de semana cumpriu-se a tradição no Parque Desportivo e Recreativo da APM em St Laurent, a oitava edição das Festas do Divino Espírito Santo no Parque.

Após algumas semanas de preparação e coordenação, a azáfama começou cedo a preparar a exposição das coroas. O vinho, os pães e a carne foram criteriosamente expostos, tal como a comida para o pequeno almoço, tudo preparado para ser benzido. As pessoas foram chegando e apreciando o altar do Espírito Santo, acomodando-se para as cerimónias. O Dr. Mário Santos Presidente da APM e Diretor do Parque, deu as boas vindas aos presentes, lembrando que esta é uma festa de partilha e convívio entre famílias e amigos. O Sr. Padre André e o Sr. Padre Tiago benzeram a comida e o vinho, começando então depois as pessoas a servirem-se do tradicional Bodo de Leite.

Em redor do Recinto iam chegando os veículos decorados a preceito, para serem usados na distribuição das Pensões, a seguir ao pequeno almoço o pão, o vinho e a carne foram organizados para serem distribuídos. Enquanto isso na zona da cozinha a azafama era bastante grande nos preparativos para a refeição do dia seguinte.

O cortejo dos carros decorados alinhava-se, ultimavam-se os últimos preparativos, os foliões confirmavam os detalhes e dava-se então início há distribuição das pensões pelo parque. O cortejo demorou várias horas a percorrer as ruas do parque, no final as pessoas cansadas, mas bem-dispostas regressaram a suas casas com o sentimento de missão cumprida.

Ao fim do dia a irmã Karina Ribeiro liderou os presentes na oração do terço em louvor do Espírito Santo. Depois do jantar o programa da noite juntou os presentes para ouvirem o João Pimentel, os mais entusiastas dançaram noite fora ao som das suas músicas. As pessoas iam revendo os amigos, contando as aventuras das férias e do verão que está a acabar.

Para os voluntários o dia de domingo começou cedo, na zona da cozinha várias panelas “gigantes” ferviam a bom vapor com os ingredientes e temperos sobre o comando calmo da Dona Lurdes Dias habituada há pressão de cozinhar para mais de 600 convidados. No recinto, trocavam-se mesas por cadeiras e os preparativos no palco para se poder celebrar a eucaristia. Enquanto isso ia-se servindo o pequeno almoço aos interessados. 

O autocarro com a excursão chegou ao parque por volta da 1:30, as famílias e convidados iam chegando e tomando os seus lugares para missa. A eucaristia foi celebrada pelo Sr. Padre André, tendo como cocelebrante o Sr. Padre Tiago. Acabada a missa foi tempo para a coroação das crianças. Depois da coroação formou-se a procissão que percorreu as ruas do Parque acompanhada pela música da Banda Lira de Fátima.

Decorria a procissão, na cozinha eram dados os últimos retoques na refeição, no recinto retiravam-se as cadeiras e voltavam-se a por as mesas a preceito com toalhas de pano, pratos e talheres, mais de 600 lugares sentados para receber os convivas que se iam juntando á entrada. Depois do regresso da procissão a banda tocou o Hino do Espírito Santo, ao qual se seguiu a bênção da refeição e a abertura das portas da sala, para a pessoas se procurarem um lugar para se acomodar. O Dr. Mário Santos tomou conta da coordenação entrada da sala e pediu para as pessoas terem calma e alguma paciência, pois haveria lugar e comida para todos. Assim passado cerca de meia hora estavam todos sentados e preparados para partilharem em comunidade a refeição. A ementa foi composta pelas tradicionais Sopas do Espírito Santo á moda do Pico, Carne Cozida e Assada foi servida.

Juntaram-se á nossa festa o Cônsul de Portugal em Winnipeg Sr. Paulo Cabral, a sua esposa e presidente da Liga da Mulher Sra. D. Maria do Carmo Cabral, o Presidente da Banda Lira de Fátima Sr. Luís Dias, O presidente da Casa dos Açores Sr. João Paulo da Graça Melo, O Presidente do Conselho Fiscal da APM Sr. Alcides Almeida, o Sr. Padre Paul Tinguely da Paroquia de Saint Laurent, entre outros.

Após a refeição onde não faltou comida em qualidade e quantidade, começou o programa da tarde com um concerto da Banda Lira de Fátima dirigida pela maestrina Maria Dias. Seguiram-se o Rancho Luzitos da APM, o Rancho as Pérolas da Nossa Banda da Banda Lira de Fátima, para terminar o folclore o Rancho Juventude e Alegria da APM. Fez-se então o sorteio das rifas e fechar o programa uma vez mais a boa disposição e música de João Pimentel.

Para concluir, uma vez mais esta festa foi possível graças ao trabalho em equipa da Comissão do Parque e da Direção da APM nas pessoas da Vice-Presidente Fátima Gomes Carreiro e Diretora do Executivo Zita Lopes. Um obrigado a todos que abdicaram de estarem sentados com as famílias e amigos, que trabalharam algumas vezes sobre pressão, aqueles que ficaram em Winnipeg a coordenar, apoiar e a resolver alguns problemas que iam surgindo. Todos em conjunto e com o apoio das suas equipas de voluntários tornaram estas Festas em honra do Divino Espírito Santo um sucesso. Como diria Fernando Pessoa “Valeu a pena? Tudo vale a pena. Se a alma não é pequena.”
Associação Portuguesa de Manitoba

Festas do Espírito Santo no parque

Reportagem: Paulo Delgado - 04:SET.2018