Casa dos Açores

Comemora Sábado de Aleluia com jantar tradicional.

Reportagem de Paulo Jorge Cabral - 2013-04-19
Fotografias: Nélia Soares
Comments:
Comentários
Nome:
Name:
Double click the picture to view photo gallery
Clique na foto para ver reportagem fotográfica
Decorada com tons de roxo e branco e com a Cruz Pascal exposta no palco foi desta forma que o salão da Casa dos Açores se encontrava para receber no passado sábado dia 19 de abril cerca duas centenas de sócios e amigos daquela organização para celebrar o tradicional jantar de sábado de Aleluia.
Entre os participantes destacaram-se a presença do Cônsul de Portugal em Manitoba, Paulo Jorge Cabral, Vereador Municipal Mike Pagtakhan, Presidente da Banda Filarmónica Lira de Fátima, Luís Dias, e suas respetivas esposas, Presidente da Associação Portuguesa de Manitoba, Dr. Mário Jorge Santos, ex-presidentes da Casa dos Açores e Casa do Minho respetivamente José Santos e Carolina Gonçalves, ambos acompanhados por seus consortes e João Cardoso, produtor do programa de rádio “Voz Lusitana”
Como sempre o jantar foi preparado e servido pelos voluntários daquela organização, e consistiu em sopa de feijão “caseira”, filetes de peixe panados, sobremesa chá e café.
O jantar teve início pelas 19 horas e trinta minutos, e João Cardoso Presidente da Mesa Assembleia Geral, foi incumbido de apresentar as boas-vindas e liderou os presentes na oração de Ação de Graças.
Durante o jantar atuou o rancho infantil da Casa dos Açores “Ondas Azuis”.
Após o jantar José Santos proferiu uma palestra com o tema “As danças de Espada” tradição Terceirense de uma adaptação das danças de carnaval, com desta forma com cariz quaresmal. José Santos foi mandatário do Prof. Dr. Luiz Manuel Fagundes Duarte, Secretário da Cultura do Governo da Região Autónoma dos Açores, cujo governo irá atribuir um subsídio para a preservação deste tipo de dança.
De seguida foi a vez do Grupo Folclórico adulto da casa “Memórias da Nossa Terra” que apresentou várias danças do folclore açoriano, terminando com o “Pezinho da Vila” o qual convidou membros da assistência para atuar este número muito tradicional da Ilha de São Miguel.
A primeira parte do entretenimento este a cargo do jovem Winnipegense Nathan Gravito recém-chegado de Toronto, onde viveu alguns anos, cuja presença nesta cidade alertou Nélia Soares, Vice-presidente dos Programas que o contratou para atuar naquela noite.
Após um pequeno interregno João Paulo Melo, Presidente da Casa dos Açores apresentou os convidados, deus as boas vindas a todos os presentes, agradeceu a todos os voluntários que fizeram esta festa possível, terminando anunciando os próximos eventos da Casa dos Açores
Organizado por Nélia Soares, seguiu-se uma “caça” aos ovos de Páscoa, ocasião muito participada pelas crianças que se encontravam na sala.
O serão dançante esteve a cargo do artista local Hermano Silva que animou o baile com várias canções do seu vasto reportório, solicitando a presença em palco do jovem e promissor cantor Nathan Gravito aonde em dueto e em estilo “Sertanejo” animaram a festa.